UNECS se reúne com General Mourão para discutir pleitos do setor para 2019

Durante o encontro, Mourão exaltou o trabalho feito pela UNECS junto aos parlamentares  e deixou clara a importância das reformas para que o Brasil não se afogue em uma crise ainda maior.



A UNECS (União Nacional de Entidades de Comércio e Serviços) se reuniu nesta segunda-feira, 11 de fevereiro, com o vice-presidente da República, general Hamilton Mourão. No encontro, realizado em Brasília, os representantes da entidade apresentaram os pleitos do setor para o ano de 2019.

Pela Anamaco participaram o presidente Cláudio Conz, e o presidente do Conselho Deliberativo, Marcos Atchabahian. "Tratamos de tema de importância para todo o setor de Comércio e Serviços, como a reforma tributária e a reforma da previdência, que são temas que afetam diretamente o nosso segmento e influenciam na geração de emprego e renda. O governo tem demonstrado enorme interesse em atender nossas necessidades, porque sabe do peso que a nossa cadeia tem no desenvolvimento econômico. Estamos muito otimistas", declarou Conz ao sair da reunião.

Também estiveram na reunião o presidente da Alshop, Nabil Sahyoun, da Afrac, Zenon Leite, e representantes da Abras e da CNDL.


O presidente da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), George Pinheiro, que também preside a UNECS, fez uma rápida apresentação detalhando a representatividade da entidade, o trabalho feito em conjunto com a Frente Parlamentar Mista em Defesa do Comércio, Serviços e Empreendedorismo (Frente CSE) e entregou a Mourão um documento apresentando os itens prioritários para o setor em 2019.

Além da aprovação da reforma da Previdência, o documento cita o Trabalho efetivo na simplificação e racionalização das obrigações tributárias e administrativas; o combate à verticalização do sistema financeiro; a facilitação do empreender e o incentivo à geração de emprego, por meio da manutenção da legislação trabalhista atual e adoção de novas medidas que possam contribuir para simplificar e modernizar as relações de trabalho.


Durante o encontro, Mourão exaltou o trabalho feito pela UNECS junto aos parlamentares  e deixou clara a importância das reformas para que o Brasil não se afogue em uma crise ainda maior. 



Sobre a Unecs

Criada em 2014, a União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços é formada pelas seguintes instituições: Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (Abad), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Associação Brasileira de Automação para o Comércio (Afrac), Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco), Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), Associação Brasileira de Supermercados (Abras), Confederação Nacional de Dirigentes e Lojistas (CNDL) e Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB). A Unecs é responsável por 15% do PIB brasileiro; 65% das operações de crédito e débito no país e pela geração de 22 milhões de empregos diretos.



Fotos: Romério Cunha / PR



39 visualizações