Anamaco é signatária de ações de combate à pirataria junto ao CNCP-MJ


A sintonia do sistema Anamaco com as causas sociais tem sido marca registrada durante todo o período marcado pela pandemia de Covid-19 no país, haja vista que a entidade está entre as signatárias que apoiam o combate à pirataria, coordenado pelo Conselho Nacional de Combate à Pirataria e Delitos contra a Propriedade Intelectual (CNCP).


Por intermédio da Secretaria do Consumidor do Ministério da Justiça e Segurança Pública, recentemente foi lançada nas redes sociais a campanha “VACINA PIRATA, NÃO”. O objetivo é alertar o consumidor de que, neste momento, apenas o poder público, por meio do Sistema Único de Saúde - SUS está autorizado a fornecer as vacinas de forma gratuita. Para tanto, foi criado pelo Ministério da Justiça um canal eletrônico para denúncias, cujo endereço é: vacinapiratacncp@mj.gov.br


A direção da Anamaco, nas pessoas do presidente Geraldo Defalco e do superintendente Waldir Abreu, reforça o quanto todo o setor de varejo de material de construção tem estado ao lado das normas em prol das boas práticas e em total convergência com as leis, neste período desafiador.


O acesso ao material da campanha pode ser realizado pelos seguintes links:

Twitter: https://bit.ly/2MZmjIw , https://twitter.com/justicagovbr/status/1357379582886875139?s=24

YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=kNXfVGP565c





17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo